Últimas Notícias
Home / Destaque / Colômbia tem jogador expulso aos 2 minutos e perde para o Japão

Colômbia tem jogador expulso aos 2 minutos e perde para o Japão

Seleção japonesa arrancou na Copa com surpreendente vitória

A Colômbia estreou com derrota para o Japão na Copa do Mundo nesta segunda-feira. A seleção sul-americana teve o volante Carlos Sánchez expulso logo aos 2 minutos por impedir um gol japonês com a mão e não teve forças para superar os asiáticos, que venceram por 2 a 1.

Kagawa aproveitou o pênalti cometido por Carlos Sánchez e fez o primeiro gol japonês. Juan Quintero chegou a empatar em lindo gol de falta, mas Osako garantiu a vitória japonesa no segundo tempo.

A Colômbia tentará recuperação no próximo domingo, às 15h, quando vai enfrentar a seleção da Polônia. No mesmo dia, mas ao meio-dia, o Japão enfrenta Senegal.

Mesmo desfalcada de seu principal jogador, James Rodríguez – que iniciou no banco -, a Colômbia entrou em campo como favorita. O favoritismo, porém, começou a ruir logo aos 2 minutos. Em falha da defesa sul-americana, Ospina conseguiu salvar em finalização de Osako, mas, em novo chute japonês, o volante Carlos Sánchez usou o braço para impedir o gol. O árbitro esloveno Damir Skomina nem precisou da ajuda do VAR para marcar o pênalti e expulsar o jogador colombiano. O camisa 10 Kagawa bateu a penalidade com categoria e abriu o placar, 1 a 0.

Com apenas 10 homens e atrás no marcador, o técnico Jose Pekerman tentou usar o meia Juan Quintero mais recuado para ajudar o volante Lerma na marcação. A Colômbia até teve uma chance para empatar logo em seguida com Falcao Garcia. O centroavante desviou após falta batida por Quintero, mas o goleiro Kawashima estava bem colocado e fez a defesa.

Aos poucos, o Japão foi se impondo no jogo e fazendo valer o homem a mais em campo. Vendo que seu time estava perdendo o meio-campo, Pekerman sacou o veloz atacante Cuadrado e mandou a campo o volante Wilmar Barrios. A mudança fez a Colômbia reequilibrar o setor. Logo em seguida, a seleção sul-americana foi premiada com o empate.

Aos 39 minutos, o árbitro marcou falta em Falcao Garcia na entrada da área. Quintero bateu por baixo da barreira e surpreendeu o goleiro Kawashima, que pulou atrasado e não conseguiu fazer a defesa.

O segundo tempo teve domínio do Japão. Com um homem a mais, a seleção japonesa tomou a iniciativa da partida e controlou a equipe colombiana, que se limitava a se defender eu seu campo de defesa.

No ataque, o Japão foi empilhando chances de gol. Logo aos 8 minutos, Osako recebeu pelo lado, girou e chutou, mas encontrou o goleiro colombiano bem posicionado. Aos 11, Hasebe foi quem tentou o chute cruzado da entrada da área e Ospina pulou no canto para defender.

Com seu time sendo dominado, o técnico Jose Pekerman mandou James Rodríguez a campo. A presença do craque colombiano não mudou o cenário da partida, que seguiu com o controle do Japão.

Aos 27 minutos, os japoneses chegaram ao segundo gol. Em jogada de escanteio, a defesa da Colômbia marcou mal e Osako subiu mais alto para desviar de cabeça e mandar a bola para as redes, 2 a 1, resultado que premiava a melhor atuação japonesa.

Somente após o gol japonês que James Rodríguez conseguiu aparecer no jogo. Aos 32, ele recebeu lindo passe de calcanhar de Lerma e chutou, mas a bola acabou desviada pela defesa. A Colômbia seguiu tentando pressionar, mas o fato de ter um jogador a menos pesou. O Japão soube segurar o resultado para garantir sua primeira vitória no Mundial.

Copa do Mundo – Grupo H

Colômbia – 1

Ospina: Arias, Davinson Sánchez, Murillo, Mojica; Lerma, Carlos Sánchez; Cuadrado (Barrios), Quintero (James Rodríguez), Izquierdo (Bacca); Falcao.

Japão – 2

Kawashima; Sakai, Yoshida, Gen Shoji, Nagatomo; Shibasaki (Yamagushi), Hasebe; Haraguchi, Kagawa (Honda), Inui; Osako (Okazaki).

Gols: Kagawa, Osako (JAP); Quintero (COL)

Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)

Local: Arena Mordovia

 

Web Notícias Alegrete

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Policial Militar morre em Passo Fundo após bater em cavalo em rodovia e ser atropelado por moto

Integrante da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM), policial Luciano Chaves Lemes saía do ...