Últimas Notícias
Home / Esportes / Kane marca duas vezes e Inglaterra sofre para vencer a Tunísia

Kane marca duas vezes e Inglaterra sofre para vencer a Tunísia

Gol da vitória por 2 a 1 foi marcado aos 46 do segundo tempo

No jogo que fechou a primeira rodada do Grupo G, nesta segunda-feira, a Inglaterra acabou  salva pelo seu goleador Harry Kane, autor dos dois gols na vitória de 2 a 1 sobre a Tunísia. O segundo tento saiu já nos acréscimos da etapa final da partida disputada no Volgogrado Arena, em Volvogrado (antiga Stalingrado, cidade histórica da II Guerra Mundial). O English Team volta a jogar no domingo, diante do Panamá, em Nizhny Novogorod. Os tunisianos pegam a Bélgica em Moscou.

Gol da vitória por 2 a 1 foi marcado aos 46 do segundo tempo

Kane marcou os dois gols da Inglaterra

No jogo que fechou a primeira rodada do Grupo G, nesta segunda-feira, a Inglaterra acabou  salva pelo seu goleador Harry Kane, autor dos dois gols na vitória de 2 a 1 sobre a Tunísia. O segundo tento saiu já nos acréscimos da etapa final da partida disputada no Volgogrado Arena, em Volvogrado (antiga Stalingrado, cidade histórica da II Guerra Mundial). O English Team volta a jogar no domingo, diante do Panamá, em Nizhny Novogorod. Os tunisianos pegam a Bélgica em Moscou.

A Inglaterra começou ligada nos 220 volts, imprimindo muita energia e em apenas dois minutos teve duas grandes chances de abrir o placar. A 1 minuto, o goleiro tunisiano Hassen defendeu chute de Lingard e no minuto seguinte, Sterling, sozinho e sem goleiro, tocou para fora. Aos 10 minutos, acabou saindo o primeiro gol, e do artilheiro Harry Kane, pegando rebote do goleiro depois de cabeçada de Stones.

À frente no placar, a Inglaterra começou a relaxar e ceder espaços aos tunisianos. E ocorreu o que ninguém esperava, aos 33 minutos. Pênalti para a seleção africana, depois que Walker acerta um tapa no rosto de F. Ben Youssef. Sassi cobrou e empatou a partida.

No final do primeiro tempo, Lingard perde a chance de fazer o segundo gol inglês, ao entrar sozinho na área, e na saída do goleiro Ben Mustapha, que entrou no luigar do lesionado Hassen, chutou na trave.

Sob o apoio de seus torcedores, que começaram a cantar “God Save the Queen”, a Inglaterra teve o domínio na etapa final. Porém sem muita inspiração. Cruzamentos na área tunisiana, facilmente cortadas pela defesa. No final, os africanos acabaram sendo castigados, sofrendo o segundo gol aos 46 minutos. Após cobrança de escanteio, Harry Kane marcou o seu segundo gol na partida e salvou a estreia inglesa na Copa.

Copa do Mundo – Grupo G

Inglaterra (2)

Pickford; Trippier, Walker, Stones, Maguire e Ashley Young; Henderson, Dele Alli (Loftus-Cheek), Lingard (Dyer) e Sterling (Rashford); Harry Kane

Técnico: Gareth Southgate

Tunísia  (1) 

Hassen (Ben Mustapha); Meriah, S. Ben Youssef, Bronn, Maâloul e Sassi; Skhiri, Badri e Sliti (Ben Amor); F. Ben Youssef e Khazri (Saber Khalifa)

Técnico: Nabil Maaloul

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)

Local: Volgogrado Arena, em Volvogrado.

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Brasil vence México por 2 a 0 e agora espera rival das quartas da Copa

Neymar comemora gol na partida das oitavas da Copa contra o México Seleção tem dificuldade ...