Home / Destaque / Mulher joga TV contra namorado, acerta viatura da BM e é presa em Porto Alegre
Joy Buteco

Mulher joga TV contra namorado, acerta viatura da BM e é presa em Porto Alegre

                                         Viatura da Brigada Militar teve o para-brisa traseiro destruído

Uma mulher foi presa em flagrante por acertar uma TV de 32 polegadas em uma viatura da Brigada Militar por volta de 1h30min desta terça-feira (6), no centro de Porto Alegre. O veículo modelo Toyota Corolla – um dos 192 recém adquiridos pela polícia – estava estacionado na Avenida Salgado Filho e teve o para-brisa traseiro destruído e a lataria amassada. Conforme a Polícia Civil, o alvo da mulher era o namorado dela.

O casal estaria brigando no 6º andar de um prédio quando ela tentou acertar o objeto no companheiro, que estava na sacada. Ele conseguiu esquivar, mas, segundo a polícia, a força empregada pela mulher foi tamanha que a TV passou pelo parapeito da sacada e parou junto ao canteiro central da avenida – onde estava a viatura.

A mulher, que não teve o nome e a idade divulgados, foi levada pelos PMs do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ao Palácio da Polícia, onde foi presa por dano ao patrimônio público. Ela não pagou a fiança – R$ 6 mil – e foi levada para a Penitenciária Feminina Madre Pelletier.

— O que eu entendi é que uma pessoa que lança um objeto como uma TV pela sacada assume o risco que pode produzir. Se o metal amassou, não seria diferente com o o crânio de uma pessoa — comentou o delegado Francisco Antoniuk.

O defensor público Felipe Kirchner, que acompanhou a mulher durante a madrugada, reconhece que houve uma briga entre o casal. Ele afirma, no entanto, que a mulher não jogou a TV para machucar o companheiro. Ela teria tentado alcançar para ele o objeto na sacada. O defensor diz que o namorado teria um problema em uma das mãos e não conseguiu segurar a TV, que acabou caindo na viatura.

Kirchner ainda considera “equivocada a posição do delegado ao prendê-lá por dano ao patrimônio público”. Ele afirma que ela não teve nunca a intenção de danificar a viatura.

Um pedido de liberdade da mulher foi encaminhado pela Defensoria Pública e deve ser analisado ainda na manhã desta terça-feira pela Justiça.

Até ser reparada, a viatura danificada ficará fora de circulação. O comandante do 9º BPM, major Macarthur Vilanova, diz que o conserto será pago pela própria Brigada Militar, que depois tentará o ressarcimento.

fonte : Gaucha ZH

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Prefeitura presente na homenagem ao C.T.G Querência Charrua pelos seus 50 anos

O  CTG  Querência Charrua do Jacaraí  comemora, este mês, seus 50 anos de  existência com um legado  em favor do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *