Alegrete

O que era um simples acidente se tornou em uma grande prisão de assaltantes em Alegrete

Publicado dia 01/11/2019 às 13h39min | Atualizado dia 01/11/2019 às 22h52min
Depois de um acidente que parecia rotineiro começou as prisões que chegaram a 10 pessoas

  Polícia Civil e Brigada Militar foram decisivas na prisão de 10 pessoas entre criminosos e suspeitos, dentre eles, um menor

 

O trabalho conjunto da Polícia Civil e da Brigada Militar, foi decisivo na prisão de 10 pessoas, dentre elas um menor e dois suspeitos, que pretendiam roubar uma joalheria em Alegrete.

Sem conhecer a cidade, os bandidos se envolveram num acidente no cruzamento das ruas Barão do Amazonas com David de Canabarro, adentraram na contra mão pela Barão e abandonaram o carro no meio do trajeto.

Dois deles foram presos, imediatamente, por um policial civil e pela Brigada Militar na Avenida Eurípedes Brasil Milano.

A Brigada Militar continuou ao encalço dos outros criminosos e a partir da apreensão dos celulares, chegou a um trio, em que fazia parte uma mulher, estava na rua Gal. Neto monitorando a abertura da ótica Santa Luzia. Possivelmente, seriam eles os autores intelectual do roubo frustrado ao estabelecimento comercial.

A partir de denúncia anônima a Policia Civil e a Brigada Militar chegaram a uma casa na Demétrio Ribeiro onde entrou um menor que mora em Alegrete e prendeu mais 02 suspeitos.
O carro Corsan placas de Porto Belo, Santa Catarina, que se envolveu no acidente, foi roubado na noite anterior em Rosário do Sul, onde os criminosos, renderam uma pessoa, lhe torturaram e levaram facas e armas.

Além do Corsa de Santa Catarina, a Brigada Militar, prendeu um Monza prata, placas de Passo Fundo e uma motocicleta com placa de Manoel Viana, cuja cor original é vermelha, mas foi pintada de Preta para ser usada na prática de crimes.

Houve apreensão de diversas facas, droga, armas, placas clonadas e toucas ninjas, telefones e, nestes, fotos e vídeos da joalheria o que indica que era o alvo dos criminosos.

Os criminosos são de diversas cidades como Gravataí, Rosário do Sul, Santa Cruz do Sul, Porto Alegre e Alegrete. A partir da oitiva e de outras informações, a polícia pretende montar o quebra cabeças e não descarta o envolvimento de outras pessoas.

Pelas redes sociais, diversas pessoas elogiam o trabalho da Brigada Militar e Polícia Civil que a exemplo dos demais servidores estão recebendo parcelado e estão sob ameaça das reformas no sistema previdenciário e de aposentadoria que o governo pretende realizar.

Assalto em Rosário entenda como foi :

   Em Rosário do sul  na madrugada de terça-feira (29), por volta de 2h, quatro indivíduos arrombaram o imóvel de um empresário de 58 anos que foi espancado e amarrado com fios e uma cinta. Os criminosos encapuzados perguntavam sobre um lote de 50 facas que ele havia comprado, avaliadas em 10 mil reais. Foram levados R$ 2.600,00 em dinheiro, documentos, um celular e após eles revirarem todo o imóvel roubaram as facas e levaram o carro, GM Classic, da vítima. A BM foi acionada por volta de 4h, mas já não conseguiu encontrar os criminosos os quais foram presos em Alegrete tentando praticar o roubo desta sexta-feira.

Fonte: Face Repórter Alegrete , postado por Web Noticias Alegrete


Fale Conosco

Av. seu Endereço Alegrete-Rs
(55) 99217-4388 | (55) 99217-4388 | (55) 99217-4388
romariohorti@hotmail.com