Home / Destaque / Polícia Civil incinera quatro toneladas de drogas apreendidas no RS
Joy Buteco

Polícia Civil incinera quatro toneladas de drogas apreendidas no RS

Ação ocorreu em uma siderúrgica em Charqueadas, na região Carbonífera

A Polícia Civil incinerou, na manhã desta terça-feira, quatro toneladas de drogas que foram apreendidas este ano no Rio Grande do Sul. O processo está sendo realizado em uma siderúrgica em Charqueadas, na região Carbonífera do Estado.

De acordo com o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), os entorpecentes destruídos foram apreendidos em Porto Alegre, região Metropolitana, interior do Estado e também em rotas interceptadas que viriam abastecer o mercado interno. “O valor de prejuízo estimado para o tráfico é bem considerável. Com essa destruição esperamos retirar mais uma carga importante de drogas das ruas”, explica o delegado Mário Souza.

A ação tem como objetivo chamar a atenção da população para a quantidade de drogas apreendidas – são mais de quatro milhões de doses de narcóticos, principalmente maconha – e também para o usuário que, segundo Souza, “acaba alimentando essa cadeia muito grande do tráfico de drogas que alimenta outras práticas criminais, como furto, roubo, homicídio e até latrocínio”.

O chefe de Polícia, Emerson Wendt, também destacou a importância da ação em relação ao problema de saúde pública gerado pelo consumo de entorpecentes. “Queremos chamar a atenção para apreensão de drogas ilícitas que causam problemas de saúde muito graves”, ressaltou.

A Polícia planeja, no mínimo, duas incinerações de drogas por ano. Em 2017, cerca de 11 toneladas de narcóticos foram queimadas.

Pedro Mello/ Web noticias

Fonte : Correio do Povo

Sobre touthdwp

Veja Também

Toxoplasmose em Santa Maria: 12 grávidas estão em tratamento no Hospital Universitário

Supervisor da medicina fetal do hospital, Francisco Gallarreta afirma que número de pacientes aumenta diariamente ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *