Home / Destaque / Ponte da Restinga não existe mais, devido a obras do arroio Regalado em nova fase na execução
Joy Buteco

Ponte da Restinga não existe mais, devido a obras do arroio Regalado em nova fase na execução

antiga ponte de acesso para boa vista pela Daltro filho , não existe mais , com as obras do arroio Regalado , devido as  enchurradas vai  ser construida uma nova .

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Planejamento e Orçamento, iniciou nesta terça-feira (17), uma nova fase na execução das obras do Arroio Regalado.

Nessa fase, estão previstas obras de drenagem e dessocamento do arroio, incluindo a substituição da Ponte da Restinga, localizada na Rua Daltro Filho, que visa à solução dos problemas de enxurradas frequentes de parte da área urbana dos bairros Prado, Progresso, Vila Grande, Sepé Tiarajú, Vera Cruz, Joaquim Fonseca Milano, Restinga, Boa Vista, Isabel, Macedo e Santo Antônio. Parte dos bairros, situada em faixa marginal ao Arroio, vem sendo inundada por transbordamento com elevada frequência, de até 4 vezes por ano e, de acordo com a projeção dos engenheiros, após a conclusão da obra essa situação deverá ocorrer somente uma vez a cada 10 anos.

O projeto estava parado há mais de um ano, por ordem da justiça, devido a diversas irregularidades. Neste sentido, a administração precisou realizar diversas adequações, porém, a obra da nova ponte já estava prevista no projeto inicial. O cronograma de execução consta no processo judicial e a derrubada da ponte estava prevista para o mês de abril deste ano, inclusive, durante as audiências foi uma cobrança do Ministério Público e a construção da ponte foi estabelecida como meta.

As estruturas da ponte pré-moldada foram produzidas na sede da empresa responsável pela obra, o que agilizará o processo de substituição da ponte, uma vez que no local da obra será realizada apenas a montagem das peças. A nova ponte terá 37 metros de comprimento, duas vias e passagem para pedestres e bicicletas. O prazo da obra é de 120 dias.

Nesse período, os pedestres deverão utilizar a Rua Barão do Cerro largo para ter acesso ao bairro Boa Vista, uma vez que devido aos riscos envolvidos, não é viável a construção de uma passagem provisória próxima ao canteiro de obras.

Os veículos leves de passeio, utilitários e transporte coletivo urbano devem realizar seu deslocamento pela Rua Barão do Cerro Largo, interligando o bairro Boa Vista e a zona central da cidade. Os veículos pesados, deverão realizar seu deslocamento pelo Corredor dos Papagaios, em direção a BR 290.

Este projeto culmina com a implantação da Avenida da Integração, situada paralelamente ao Arroio Regalado, contornando a área urbana, no trecho situado entre a Rua Guarani e a Rua Venâncio Aires.

 

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Linhas de ônibus de Alegrete sofrerá alterações devido a paralisações dos caminhoneiros

Devido a paralisação de caminhoneiros  o transporte coletivo de Alegrete sofrerá algumas mudanças na rotina ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *