Últimas Notícias
Home / Sem categoria / Rússia vence Egito de Mo Salah por 3 a 1 e fica perto da vaga na Copa

Rússia vence Egito de Mo Salah por 3 a 1 e fica perto da vaga na Copa

Mo Salah disputa bola com russo Zhirkov durante o 1º tempo da partida

Seleção da casa teve um início de 2º tempo avassalador, fez 3 gols em 16 minutos e garantiu o triunfo. Salah fez o gol egípcio na estreia dele no Mundial

A Rússia venceu o Egito por 3 a 1 nesta terça-feira (19), em São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo A do Mundial.

Com o resultado, a seleção russa praticamente garante a vaga para a fase de oitavas de final da Copa. O time europeu chegou aos seis pontos e lidera a chave. O Uruguai tem três pontos, mas um jogo a menos.

Já o Egito praticamente dá adeus ao Mundial. Ainda sem pontuar (perdeu na estreia para os uruguaios), a seleção que retornou às Copas após 28 anos precisaria de uma combinação improvável de resultados para avançar.

O duelo também marcou a estreia da estrela egípcia Mohamed Salah, que ficou no banco de reservas na derrota por 1 a 0 para o Uruguai, na sexta-feira passada. Mesmo marcado, o astro mostrou sua habilidade e marcou o gol epípcio, cobrando pênalti.

 

Início agitado

A seleção local começou a partida com apetite e buscou o gol desde o apito inicial do árbitro argentino Enrique Cáceres. Os egípcios não se intimidaram e também buscaram o ataque.

Os russos armaram um bom ataque no primeiro minuto com Cheryshev, o melhor homem em campo na goleada por 5 a 0 sobre os sauditas na estreia da Copa, que fez o passe para Dzyuba. Mas o atacante não conseguiu dominar.

Aos 5 minutos, Golovin roubou uma bola na entrada da área e bateu para o gol de El Shenawy. A bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.

O egípcio Trezeguet – na verdade, o nome dele é Mahmoud Hassan, mas o jogador ganhou o apelido pela suposta semelhança com o francês, campeão mundial em 1998 – pegou a bola na esquerda, limpou para dentro e bateu com a perna direita. A bola fez uma curva e quase surpreendeu Akinfeev, que ficou apenas olhando.

O meia Cheryshev, que iniciou a partida como titular — ele havia entrado no lugar do meio-campista Alan Dzagoev, que saiu machucado na primeira etapa contra a Arábia Saudita —, levou muito perigo para o gol de El Shenawy aos 19 minutos, quando bateu colocado de fora da área.

Nos primeiros 30 minutos, a Rússia ficava mais tempo com a bola e forçava muito os cruzamentos para o grandalhão Dzyuba dentro da área.

Já o Egito buscava as jogadas individuais, mas sem sucesso. O astro Salah não conseguiu se destacar na primeira meia hora da partida.

O astro do Liverpool fez uma grande jogada aos 42 minutos. Após aproveitar um corta-luz de Mohsen Marwan, Salah girou e bateu firme para o gol. A bola passou com muito perigo à esquerda do goleiro Akinfeev.

Segundo tempo

Logo na volta para a segunda etapa, a bola foi alçada na área, o goleiro El Shenawy rebateu de soco, mas a bola voltou para Zobnin. O russo bateu em direção ao gol e o zagueiro Fathi, capitão da seleção egípcia, chutou contra as próprias redes: 1 a 0 para a Rússia.

O Egito tentou reagir e Mo Salah tentou com um chute de canhota, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Mas, aos 14 minutos, Cheryshev marcou o terceiro gol dele na Copa do Mundo e ampliou a vantagem dos donos da casa. O meia aproveitou uma boa jogada do brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes, que cruzou rasteiro da direita, para apenas rolar a bola para o gol de El Shenawy.

Logo em seguida, aos 16, o atacante Dzyuba recebeu um passe longo, matou a bola no peito na entrada da área, tirou o zagueiro e bateu com firmeza, sem dar chances de defsa para o goleiro egípcio.

O Egito ficou totalmente desorteado com o gol. Mesmo assim, aos 22 minutos, Salah ainda deu um belo passe para Trezeguet. O atacante ficou de frente para o gol e bateu rasteiro, mas a bola saiu à esquerda de Akinfeev.

Aos 26 minutos, Salah fez outra grande jogada e foi derrubado na entrada da área. O árbitro Enrique Cáceres marcou falta fora da área, mas os egípcios reclamaram e o árbitro de vídeo foi consultado.

Cáceres foi avisado pelo ponto eletrônico que a falta ocorreu dentro da área e marcou o pênalti. Salah foi para a cobrança e bateu forte para fazer o primeiro gol dele na Copa.

Depois do gol, os egípcios pressionaram a Rússia em uma tentativa desesperada de chegar ao empate. Os russos se fecharam na defesa e exploraram os contra-ataques, mas perderam algumas oportunides.

Próximo Jogo

A Rússia volta a jogar na próxima segunda-feira, às 11 horas (horário de Brasília), contra o Uruguai, em Samara. No mesmo dia e horário, Arábia Saudita e Egito se enfrentam em Volvogrado.

Ficha técnica
19/6 – Estádio São Petersburgo (São Petersburgo)
RÚSSIA 3 x 1 EGITO

Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai); Gols: Fathi (contra, a 1 minuto do 2º) Cheryshev (14 do 2º), Dzyuba (17 do 2º) e Salah (27 do 2º); Cartões amarelos: Trezeguet (Egito) e Smolov (Rússia).
RÚSSIA: Akinfeev: Mário Fernandes, Kutepov, Ignashevic e Zhirkov (Kudryashov, aos 40 do 2º); Zobnin, Gazinskii, Samedov, Golovin e Cheryshev (Kuzyaev, aos 28 do 2º); Dzyuba (Smolov, aos 33 do 2º). Técnico: Stanislav Cherchesov.
EGITO: Mohamed El Shenawy; Fathi, Ali Gabr, Hegazy e Abdelshafy; Hamed, Elneny (Warda, aos 18 do 2º), Mohamed Salah, Abdalla e Trezeguet (Zobhi, aos 22 do 2º); Mohsen Marwan. Técnico: Héctor Cuper.

Web Noticias Alegrete

 

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Ônibus com destino a Livramento pega fogo na BR 290

Na noite de sexta-feira (15) um ônibus da empresa Ouro e Prata pegou fogo na ...