Home / Destaque / Trecho de rodovia é asfaltado com postes no meio da pista em Brochier, no Rio Grande do Sul

Trecho de rodovia é asfaltado com postes no meio da pista em Brochier, no Rio Grande do Sul

Ao longo de 1 km, pelo menos sete postes de luz estão dentro ou perto do asfalto. Concessionária de energia diz que liberação para remoção é demorada, mas que sairá nesta semana.

o município de Brochier, na Região do Vale do Caí, no Rio Grande do Sul, um trecho da rodovia Transcitrus foi recentemente entregue asfaltado, mas com problemas. Ao longo de 1 km, entre Poço das Antas e Maratá, pelo menos sete postes de luz estão dentro ou perto da pista. Um deles está em uma curva.

Moradores da região, que tem cerca de 4,6 mil habitantes, e motoristas que trafegam por ali esperaram mais de 10 anos pelo trecho asfaltado. Agora, reclamam do perigo de desviar dos postes, porque é preciso entrar na pista contrária.

“O povo está indignado! O maior perigo do mundo, até numa curva um poste de luz no meio da pista. É muito perigoso para quem passa, para quem frequenta”, diz o motorista Ilo Raschi.

Dois postes, um perto do outro, estão dentro da pista em Brochier (Foto: Reprodução/RBS TV)

Dois postes, um perto do outro, estão dentro da pista em Brochier (Foto: Reprodução/RBS TV)

A Prefeitura de Brochier alega que a concessionária de energia, que cuida dos postes de luz, demorou muito tempo para providenciar a remoção.

“Para que não pagássemos mais caro, demos andamento na obra mesmo assim. Há cerca de 40 dias faltou asfalto no mercado, além de que o custo subiu. A empresa que está executando tinha esse material para dar andamento na obra. Se nós não autorizássemos naquele momento, certamente a gente teria que reequilibrar o contrato, o que custaria mais para nós”, diz o secretário municipal de Administração, Evandro Carlos Pereira.

A Rio Grande Energia (RGE), por sua vez, explica que a liberação para remover os postes é mesmo demorada, porque segue um cronograma rigoroso de estudos para substituição da rede. A concessionária garante que ainda nesta semana a prefeitura deve receber o aval para fazer a retirada.

Porém, a obra terá custos. A prefeitura terá de desembolsar R$ 40 mil para remover os postes. A rodovia asfaltada custou quase R$ 1 milhão, e foi construída com verba do Ministério do Turismo.

“Não imaginávamos que uma autorização demorasse tanto, mas a gente entende que a concessionária está trabalhando para nos auxiliar em tudo isso, e a gente aguarda que seja o mais breve possível”, acrescenta o secretário.

Além de facilitar o escoamento da safra de laranjas, a Transcitrus também foi asfaltada para fortalecer o turismo na região.

Web Noticias Alegrete . com
Fonte : G1   Rbs TV

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Prefeitura de Uruguaiana regulariza terrenos ocupados por 55 famílias

O termo de posse foi entregue aos moradores, que passam e ter direito sobre a ...

Deixe uma resposta