Home / Destaque / Verba que virá para secretaria de Saúde pode ser usada para castração em Alegrete
Joy Buteco

Verba que virá para secretaria de Saúde pode ser usada para castração em Alegrete

Representantes da ON OPAA , recebe apoio de Deputada estadual Regina Becker para destinar verba para a castração de cães e gatos em Alegrete .

Uma emenda encaminhada pelo Dep. João Derli á  Secretaria de Saúde de Alegrete , acendeu uma luz no fim do túnel , pos será uma verba que vem em ótima hora .
   Visando esta verba , representantes da OPAA estão em Porto Alegre para tratar sobre este assunto da verba ,  em reunião com a Deputada estadual Regina Becker parceira da ONG OPAA de Alegrete , acompanhará esta emenda até Alegrete , visando que seja usada na causa animal , causa esta que vem preocupando , devido ao altíssimo numero de animais abandonados e torturados na cidade , como envenenamento e crueldade , a Deputada Estadual  conversou com os representantes da ONG e está disposta sempre que pode á ajudar nesta causa que também é uma bandeira que leva desde sua campanha .
Regina Becker já esteve presente no café Colonial em 2017 , e já confirmou presença neste ano de   2018.

                       Quem é Regina Becker Fortunati ?

Regina Becker Fortunati é ativista da causa animal há mais de 40 anos. Natural de Lomba Grande, cresceu no ambiente telúrico da área rural de Novo Hamburgo, onde hoje abriga 21 gatos e oito cães. Essa trajetória de dedicação e carinho a acompanha desde a infância, seguindo em paralelo à atuação profissional, como professora da rede estadual, depois como assessora na área de Comunicação Social, até a chegada ao Parlamento gaúcho em janeiro de 2015, em um mandato coletivo, de todos que defendem os animais. É uma luta que não cessa e se faz presente em diferentes momentos do cotidiano, quando os compromissos do dia são, muitas vezes, postergados para priorizar o resgate, o socorro ou até mesmo a adoção de um bichano abandonado.

Na Assembleia, a deputada coordena a Frente Parlamentar dos Direitos Animais, e é titular das comissões de Assuntos Municipais e de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo. São projetos seus o que estabelece normas sobre a manutenção dos animais comunitários e o que prevê obrigatoriedade do uso do selo em cosméticos testados em animais. A fim de difundir boas práticas no atendimento, defesa e bem-estar dos bichos, propôs o Prêmio Prefeito Amigo dos Animais. Na área da sustentabilidade ambiental, um projeto seu prevê que todos os novos prédios no Rio Grande do Sul disponham de cisternas para o aproveitamento das águas pluviais.

 

O pioneirismo começa antes da representação da causa animal como parlamentar. Ao lado do prefeito José Fortunati, Regina atuou na criação da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda) em 2011. Com a vivência como voluntária em entidades como o Movimento Gaúcho de Defesa Animal (MGDA) e o Bichoterapia, deu início a projetos como o Bicho Amigo I e II, de controle reprodutivo – em cinco anos foram realizadas 28.626 esterilizações e 24.487 atendimentos – e educação para guarda responsável e saúde ambiental. Em 2013, assumiu como titular da Secretaria, implementando programas como o Me adota? e o Brechocão, de arrecadação de fundos para protetores e entidades.

O trabalho desenvolvido na capital gaúcha é referência para o desenvolvimento de ações semelhantes em municípios do Rio Grande do Sul e do Brasil. Porto Alegre hoje sedia o primeiro hospital público para animais do país. Gestores, legisladores, representantes de ONGs e entidades protetoras de animais espelham-se na Seda para implantarem em seus municípios políticas destinadas à proteção, ao controle populacional e à promoção da saúde. Essa experiência segue sendo levada por Regina em suas andanças como deputada.

São realizações que não se esgotam aos efeitos alcançados até aqui. “A missão da infância é o legado que hoje permite escrever a minha história, trazendo comigo um rastro de pegadas, mãos, patas e corações que foram atendidos e salvos, cumprindo o propósito em deixar um mundo melhor às próximas gerações”, costuma dizer. Os preconceitos e as resistências à causa foram e continuam sendo derrubados. Trata-se de um trabalho diário, que se renova a cada ameaça aos seres vulneráveis que acompanham e engrandecem nossa existência. Por eles, por todos nós!

Pedro Mello /Repórter fotográfico Web Notícias Alegrete

Sobre Pedro Mello

Veja Também

Sete pessoas são mortas a tiros em Viamão

Chacina ocorreu no bairro Vila Índio Jari Sete pessoas foram mortas a tiros durante a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *